Que remédios levar em uma viagem internacional

Pessoal, na hora de viajar muita gente monta a mala e esquece de algo essencial: a caixinha de remédios!
Olha só, não tinha como a gente esquecer tb, pq eu e o Lele tomamos remédios diários, então os básicos nós tínhamos que levar. Além disso, montei uma farmacinha pra qualquer eventualidade que TEM SIDO EXTREMAMENTE ÚTIL.

OBVIAMENTE Não sou médica, essa é a MINHA farmacinha!!

– DIPIRONA: analgésico e antipirético (pra baixar febre). Eu tive que tomar já um dia que minha garganta arranhou bem junto com um antiinflamatório. Achei que estava com febre inclusive.

– DICLOFENACO SÓDICO OU POTÁSSICO: cataflan ou voltaren. Antiinflamatórios. Eu tenho um problema na lombar, o Lele sempre tem pedras nos rins (que inflama o canal tb). Enfim, além desses nossos percalços que não avisam quando chegam, sempre pode aparecer um machucado inflamado, uma dor de garganta como a que eu tive, torcicolo, uma tendinite…

– DORFLEX: dois gordinhos saindo agora da zona de sedentarismo, o dorflex foi o primeiro remédio que comprei pra colocar na mala. Relaxante muscular, naqueles dias que o bicho pega mesmo, pra ajudar a estar trinques pro dia seguinte.

– BUSCOPAN: cólicas menstruais, cólica renal, dor de barriga de Revertério… Tb nem penso em viajar sem ele na mala!!

– DRAMIN B6: pra ajudar a dormir no vôo de ida/volta e claro, pra se acaso tivermos enjôos por má alimentação. Não foi usado ainda, só na ida o Lele tomou um.

– DESLORATADINA: eu tenho uma puta rinite de ar condicionado e cheiro de cigarro. Essas duas coisas são o que mais se vê na Europa. Todo mundo fuma aqui, tudo fede, e entope meu nariz em dois segundos. Tomei na Grécia pq o quarto do hotel FEDIA a cigarro e me fez muito mal mesmo!

– Valtrian/TorlosH: nossos remédios de hipertensão (o qual fiz uma promessa pra mudar de vida e me livrar)

– Euthyrox 175: meu remédio do hipotiroidismo.

– Level: meu anticoncepcional

– NQI: suplemento de fósforo pro rim do Lele

– Metamucil: fibra de psylium pra ajudar na digestão e evacuação. Excelente pros dias que sua alimentação não foi boa e vc não quer passar mal de dor de barriga no dia seguinte. Quem viaja mais sabe, praticamente impossível comer bem e saudável TODOS os dias. Lixo fast food e doces novos vão fazer parte.

– multi vitamínico: pra não baixar a imunidade. Compramos EM NY mesmo! Quando viajei por 15 dias por Paris e Londres, baixou muito minha imunidade por esforço, friagem, má alimentação e sono, fiquei com várias feridas na boca e sem pique nenhum. Agora que estamos tomando vitamina, sinto demais a diferença!!!

COMPRAR REMÉDIOS NA EUROPA:
esqueceu de comprar algum remédio! Não se desespere!!!

1. Tem um site www.drugs.com que pega seu princípio ativo do remédio que vc quer e traduz pra lingua que vc quer

2. Sempre tem na farmácia alguem disposto a resolver seu problema. Compramos remédios na Alemanha e na Grécia, os piores paises em termos de língua e conseguimos em menos de 5 minutos.

3. Muitos remédios tem o mesmo nome comercial no Brasil e aqui… buscopan é um deles. Por ter sido um Alemão que inventou, o Buscopan tem o mesmo nominho lá 🙂

Queria dizer tb que o povo fala pra trazer receita traduzida pros seus remédios. AFF. A menos que seja canabis medicinal… Sei lá pra que fazer isso!!!

Por fim, por mais que seja tranquilo essa coisa de remédios, fazer o seguro viagem é essencial!! O Lele teve dores com pedras nos rins em Berlim e só não surtei pq sabia que se piorasse, poderia chamar um medico no hotel.
image

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: