Menu +

Como não sofrer com o mal da altitude?

Aqui em São Paulo, estamos há uma altitude de 760 metros do nível do mar. Estamos acostumados com o oxigênio disponível aqui e tá tudo certo. Quando vamos para um lugar como Cusco (3400m) e Machu Picchu (2400m), o corpo reage à falta de oxigênio (quanto mais alto, mais rarefeito o oxigênio) com que chamamos de “mal da altitude” ou soroche.

Os sintomas mais comuns são: ânsias de vômito, enxaquecas, tonturas, taquicardia, diarréias, fraqueza, falta de ar.

Quando iniciamos a organização da nossa viagem, esse foi um ponto que fiquei muito preocupada, pois tanto eu como o Alexandre somos hipertensos, e parecia que esse era um ponto bem contra nós. Li o máximo de informação possível sobre isso e, aliado a isso, mas sem muita relação com a viagem, começamos a academia 2 meses antes de viajar. Ela já estava programada para iniciarmos, mas tenho certeza que o fato de ter malhado pesado por 2 meses antes de viajar, ajudou bastante nosso passeio. 

Aqui vou deixar alguns cuidados que tomamos e foi de grande ajuda, já vi médico recomendando 2 meses para adaptação, mas em nossa viagem de 4 dias não passamos mal nem 1 dia sequer!!

 

  • Você não vai sair do avião se rastejando e com o coração na boca. Quando chegamos em Lima e até em Cusco, tentamos observar a diferença, até pensei que sentia, mas estava tudo bem. Nosso corpo ainda não tinha entendido a mudança brusca de altitude, então você sai do avião NORMAL. Não vá se rastejando pelas paredes, por favor kkk

 

Aeroporto Internacional Alejandro Velasco Astete em Cusco – Até aí tudo jóia, nos sentindo normais

20160526_142206

 

  • Logo em Lima compramos balas de coca, no aeroporto mesmo, que fomos chupando umas 8-10 por dia.

20160526_115032

 

  • Remédios que levamos: essa questão é bem pessoal, não gosto de recomendar remédios porque não sou médica, vou passar o que EU LEVEI!!! Mas levamos remédios para estômago, remédio para dor de cabeça, remédio para dor de barriga, dorflex. Chegando em Cusco compramos essas pílulas de Soroche, que recomendam tomar 3x ao dia, e fomos tomando certinho. 

 

  • Mate de coca: tomamos sempre de manhã no hotel, e a noite quando tinha. Todos os hotéis dispõem deste chá, e se não dispuser, em qualquer mercadinho você compra. Não deixe de tomar, é super gostoso e de quebra ajuda a não passar mal.

 

pure-coca-tea-imported-from-peru-bitcoin

 

  • Em subidas, escadarias, respeite seu corpo. Se o coração tá saindo da boca, pare, descanse, tome água. Não tenha pressa, Machu Picchu não tem previsão de sair de lá kkk

Ruínas de Ollantaytambo – Nem com a altitude normal você não subiria com um sorriso no rosto

20160527_151722

 

  • Você pode se sentir meio mal de ver as idosinhas subindo a escadaria na sua frente sem parecer sofrer, com os gordinhos como nós subindo na sua frente, as crianças que parecem sentir nada, mas saiba que o mal de soroche não tem preconceito. Ele pega atletas, pega magros, gordos, sedentários, mulheres, homens, idosos. Não existe uma regra!! Eu imagino que ter certo condicionamento ajude bastante, mas se não obedecer seu corpo e respeitar os limites, vai sofrer do mesmo jeito.

 

  • Comida: Não abuse!! No primeiro dia, tome uma sopa de frango, ou de quinoa, coma algo leve. O estômago reclama mesmo. Tem gente que nem fome sente (eu sentia o tempo todo). Assim como não deixe de comer por muitas horas seguidas, não coma nada exageradamente gorduroso ou de procedência estranha nos primeiros dias. Nada de comer CUY (porquinho da índia), que além de estar ligado à doença de chagas, ainda é super pesado. 

Sopinha de legumes maravilhosa – tempero muito gostoso

IMG_20160528_164337029

 

  • Se hidrate muito. Mesmo em Maio, início do inverno e temperaturas abaixo de 20 graus, tinha muito sol, nos queimamos muito por não levar protetor, e água é vida! Porém sempre se possível consuma água mineral. Não vai gostar de uma diarréia no meio da viagem. 

Bom, espero que as dicas tenham sido úteis e pouco óbvias. O principal é você respeitar seu corpo e não esperar se sentir mal pra fazer alguma coisa!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: