1 mês na Europa com apenas 1 mala: O que levar?

Você criou coragem e resolveu fazer uma viagem pela Europa. Irá visitar diversos países e cidades, ficando em hoteis, albergues e hostels. O que levar na mala? Fizemos esta viagem em 2015 e agora quero atualizar pra vocês a lista do que levar.

Dicas Iniciais

Antes de tudo, entenda o seguinte: Aeroporto é perda de tempo. Portanto, evite despachar malas, prefira sempre uma mala de mão. Alias, sempre que possível, evite avião. Prefira viajar entre as cidades e países usando trem ou carro. Acredite: Você ganhará um tempo vital!

Outra dica importante: Caso precise realmente viajar de avião, evite horários noturnos. Aquela promoção da Easyjet é tentadora? Pense bem, pois na maioria dos países e cidades você terá dificuldades em transporte após as 00:00. Precisará gastar muito com taxi ou outro transporte, isso quando não precisar dormir no aeroporto. Passamos por isso em 2 cidades na Europa e não recomendamos!

Roupa para 1 Semana

É quase certo que você irá se hospedar em algum lugar que tenha máquina de lavar/secadora à disposição. Se não, certamente encontrará algum lugar próximo para lavar suas roupas. Prefira hoteis ou hostels que já tenham isso, facilitará muito sua vida.

Não é hora de desfilar! Não queira levar todo o seu guarda-roupa. Escolha peças confortáveis, afinal, provavelmente você está indo pra Europa para passear, não para tirar fotos para revistas. Faça uma mala pensando em uma semana. Ou seja, 5 ou 7 camisetas, 1 calça na mala, roupas íntimas e produtos de higiene pessoal (básicos). Mulheres, não levem bolsa, coloquem tudo na mala de mão.

Porque? Algumas empresas permitem apenas uma mala de mão, e uma bolsa grande contará como uma. Além disso, todo final de semana você poderá lavar e secar suas roupas. Só vale a pena você pegar uma mala maior caso vá ficar muito tempo em um mesmo país. Nós ficávamos apenas 3 à 5 dias em cada cidade, logo, não compensava despachar mala toda vez que viajávamos. Fomos precisar despachar mais no final da viagem, onde já tinhamos muitos presentes e coisas que compramos.

Máquina Fotográfica

Não perca seu tempo levando tripé. Caso sua máquina seja grande e tenha uma bolsa própria, certifique-se que ela cabe dentro da mala de mão. Porque? Mesmo problema da bolsa das mulheres: Algumas empresas consideram a bolsa da máquina fotográfica como uma mala de mão.

Formato da Mala

Vai de trem ou de avião? Visite o site da empresa e confira o formato da mala de mão permitida. A maior parte das empresas permite até 5kg na medida 56 x 45 x 25. Isso é medida total ok? Não queira lotar de coisa, deixando ela estufada, pois se testarem na entrada não permitirão o embarque da mesma!

Chegue cedo na Fila

Tudo bem, seu lugar está reservado no bilhete então você quer ficar sentado até a hora do embarque. Legal, mas se você quer se sentar próximo à sua mala, evite isso. Procure selecionar lugares mais no meio do avião, pois em qualquer embarque, a preferência será dos passageiros “de elite”. Ou seja, eles entram primeiro e irão ocupar os bagageiros ao redor dos seus assentos.

Se você demorar pra embarcar, corre o risco de ter que se sentar por exemplo na poltrona 5 e sua mala ir lá para o bagageiro da 30. Conclusão? Quando aterrissar, você terá que esperar quase todo mundo sair para conseguir ir até o final do avião para pesar sua mala e descer. Fique de olho no portão de embarque e, assim que começarem a formar fila, fique nela!

Medicamentos

Precisa levar remédios? Sem problemas! Porém, dependendo do que você precisa tomar, terá que levar em grande quantidade, afinal, a viagem é de um mês. Por mais que você encontre a maior parte dos medicamentos por ai, o ideal é levar os que você já tem no Brasil. Importante: Não leve os medicamentos soltos. Leve na embalagem original e se possível com a receita em inglês, mesmo para os que não forem controlados. Afinal, muitos medicamentos são semelhantes à alguma droga e até você conseguir explicar que não são, perderá um bom tempo na revista (isso quando não pedirem pra você jogar tudo fora).

Listinha básica

Mala de mão é vida! Ganhe tempo e economize (muitas empresas no exterior cobram para despachar sua mala). Quer fazer compras na Europa? Sem problemas! Deixe as cidades onde pretende fazer a festa nas lojas para o final do seu roteiro. Por exemplo, na Grécia certamente você comprará alguns enfeites e porcelana mas na Alemanha não encontrará tanta coisa legal. Coloque a Grécia no final pois assim você comprará o espaço pra bagagem somente no final da viagem, ao invés de carregar aquele monte de coisa por todos os países.

Vamos à lista? Fiz uma lista geral, mas adapte ao clima do local. 

  • 5-7 camisetas
  • 1 vestido
  • 1 calça
  • 1 bermuda
  • 1 conjunto de roupa mais elegante (para restaurantes/locais onde isso é obrigatório)
  • máquina fotográfica
  • roupas intimas
  • itens de higiene (básicos, pois a maioria você comprará em cada lugar que for)
  • Remédios
  • Roupas de Frio (Coloque as maiores no corpo para embarcar, assim não precisa por na mala)

Não precisa de chinelo e prefira tênis. Mulheres, vocês vão andar muito na viagem, deixem o saltinho de fora ok? Só irá ocupar espaço.

Leve sempre seus documentos com você, se possível naquelas carteiras que ficam presas  no corpo, como pochetes mas em baixo da roupa. Não deixe no hotel, mesmo com cofre, pois em alguns lugares podem solicitar seu passaporte.

Dicas Finais

Reforço o que já falei: A viagem é para passear, conhecer lugares. Não se preocupe tanto em sair com a mesma roupa em várias fotos, afinal, você está lá para conhecer e não para tirar selfies. Porém, claro, como toda viagem, você quer comprar coisas novas, roupas e lembranças. Estude os locais que pretende ir e deixe os que você acha que gastará mais com isso para o final do roteiro, assim você poupará um bom dinheiro e tempo com despacho de malas.

Sempre que possível evite avião. As vezes você pagará o mesmo valor ou um pouco mais caro em uma viagem de trem mas ganhará um tempo absurdo, já que não precisará chegar 1, 2 horas antes do embarque, e nem perder tempo com atrasos ou cancelamentos, já que é mais comum isso acontecer com avião do que com trem/ônibus.

Além disso, provavelmente você ficará hospedado no centro, próximo dos pontos turísticos e os aeroportos são, em sua maioria distantes do centro. Você gastará um bom tempo (e dinheiro) pra ir e voltar de lá, muito mais do que chegar até uma rodoviária ou estação de metrô/trem.

 

Espero que tenham gostado do post. Obrigado pela leitura e até a próxima!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: